Arquivo da categoria: Histórias de Infidelidade

Histórias de sexo - Conheca as da Margarida

Histórias de sexo – Conheça as da Margarida

Hoje no blog do Encontros Extraconjugais, vamos apresentar-lhe 2 histórias de sexo. As mesmas foram partilhadas pela Margarida, uma das nossas leitoras mais assíduas e que faz parte da nossa comunidade há diversos anos.

De forma a proteger a sua privacidade, os nomes foram alterados.

Histórias de sexo – A minha primeira vez num site de relacionamentos

“Boa tarde, o meu nome é Margarida, vivo em Portimão e tenho 28 anos. Estou casada há pouco mais de 2 anos, e adoro o meu marido.

No entanto, o Tiago passa muitos dias fora em trabalho, e eu acabo por ficar sozinha em casa.

Houve um dia, que estava entediada e resolvi inscrever-me no Encontros Extraconjugais, para me divertir (e porque me apetecia sexo). Depois de me inscrever comecei a fazer umas pesquisas e encontrei o Lucas.

Ele vivia em Portimão também, era divorciado e tinha uma aparência perfeita. Como estava sozinha em casa, resolvi mandar-lhe uma mensagem a convidá-lo para beber um copo e depois passar cá em casa para nos divertirmos um bocado.

Contrariamente ao que pensei (devido à abordagem demasiado direta), o Lucas aceitou. Encontramo-nos no café, bebemos um copo, conversámos um bocado e fomos logo para casa.

Ele estava com tanta fome como eu, e assim que entrámos em casa, começou logo a beijar-me e a tocar-me. Ele era forte e claramente sabia o que fazia, porque fiquei logo completamente molhada.

Não deu tempo nem para chegar ao quarto. Ele agarrou em mim, meteu-me em cima da mesa da cozinha, e começou a masturbar-me enquanto me fazia um minete.

Depois pegou em mim ao colo, e enfiou o todo cá dentro, a uma profundidade que eu nem sabia que era possível. Atingi o orgasmo em menos de 3 minutos.

Essa foi a primeira de muitas noites de encontros extraconjugais, que me rendeu o maior número de orgasmos múltiplos que já experimentei.”

Histórias de sexo – O dia que o meu marido se juntou ao meu amante

“Outra das histórias de sexo que vos vou contar, aconteceu há muito pouco tempo. Uma vez que o Tiago passa imenso tempo fora, ele acabou por me dizer eu já me havia traído algumas vezes.

Acabei por lhe confessar que também já o fizera algumas vezes. Resolvemos a partir daí que sempre que estivéssemos sozinhos, que poderíamos estar com outras pessoas, mantendo assim um casamento “aberto”.

No outro dia, não era suposto o Tiago ter voltado para casa tão cedo, quando ele chegou eu estava com outro homem que tinha conhecido por aqui, no quarto de hóspedes.

Qual não foi o meu espanto, quando dou por ele, ele está meio despido e a masturbar-se enquanto olha para nós! Fiquei sem palavras, e ele acabou por se juntar a nós, nesta que foi a primeira vez que experimentei dupla penetração.

Foi sem qualquer dúvida a melhor e mais intensa experiência sexual da minha vida.

Agora, sempre que nos apetece, escolhemos juntos um homem ou mulher para se juntar a nós, e divertirmo-nos ainda mais.

Tenho o melhor marido do mundo, e tenho o melhor casamento de sempre.”

Estas são duas das várias histórias de sexo que a Margarida resolveu partilhar connosco. Partilhe também a sua. Não se preocupe que protegemos a sua privacidade.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
Aventura Sexual com Taxista

Aventura Sexual com Taxista

Hoje vamos relatar-lhe o testemunho da Maria, uma mulher de 39 anos, formada em marketing e que resolveu partilhar connosco esta história não muito comum.

No caso dela, trata-se de uma aventura sexual com um taxista, que ainda hoje a Maria não sabe quem é. Venha conhecer esta história real, que poderia acontecer com qualquer uma de nós.

O testemunho da Maria

Boa tarde, sou a Maria, formada em marketing e vivo em São Paulo. Por uma questão de trabalho e pessoais, sou obrigada a viajar inúmeras vezes para reuniões e como não me sinto muito confortável em conduzir, acabo por recorrer muitas vezes aos táxis para me deslocar no meu dia a dia.

O testemunho que vou partilhar hoje, aconteceu há mais de 1 ano atrás e ainda hoje não o consigo tirar da minha cabeça. Aquela noite foi tudo o que sempre tinha desejado.

Tudo aconteceu num dia que tinha tudo para correr bem (até porque era o dia do meu aniversário), mas se tornou um grande desastre. Estava a chover imenso, cheguei ao escritório toda molhada e cheia de frio, e tinha reunião com um cliente importante dentro dos poucos minutos. A reunião que começou bem, acabou um desastre, com o cliente a reclamar de tudo e mais alguma coisa.

Depois do almoço, um dos nossos melhores clientes envia um e-mail a dizer que vai deixar de trabalhar connosco e passar a trabalhar com a concorrência.

Depois de um dia de loucos, estava já arrumada para ir jantar com um grupo de amigos, saio de casa e enfio-me num táxi para ir até ao restaurante e quando estou quase a chegar todo o mundo começa a ligar-me a dizer que não podem ir. Como o dia já não tinha corrido muito bem, desato num pranto dentro do táxi. O taxista, no qual eu já tinha reparado por ser bastante atraente, de pele bem morena, musculado, de olho claro, encostou o táxi e perguntou-me o que se passava.

Expliquei-lhe que era o meu dia de anos, que o meu marido estava fora do país em trabalho, eu estava sozinha e que todos os meus amigos tinham desmarcado o meu jantar de anos. Ao que ele me responde “Como é que é possível uma gata como você ficar sozinha e nesse sofrimento todo”.

Se eu já estava interessada no taxista pelo seu aspeto maravilhoso, não perdi mais tempo, atirei-me para o pescoço dele. Talvez tudo tenha acontecido porque eu estava frágil, mas na verdade, eu acho que aconteceu porque há muito tempo que não estava com um homem novo e uma das minhas fantasias sempre foi sexo sem compromisso. E aconteceu, ali mesmo, dentro do táxi, parado num ponto de difícil acesso, tive a melhor noite da minha vida, e o melhor presente de aniversário que poderia desejar. Aquele homem, sabia fazer uma mulher feliz… e acreditem que um dia que correu mal, acabou da melhor maneira, depois de ter um encontro sexual com um taxista que ainda hoje não sei como se chama, nem de onde é. Infelizmente não o voltei a encontrar, mas se encontrar novamente, quero que se repita ☺.

Este foi o testemunho da Maria, esperamos que tenham gostado tanto como nós! Caso tenha algum testemunho que queira partilhar connosco, sinta-se á vontade, pois não damos nenhum dado que a identifique.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Encontros de amantes – As minhas aventuras secretas

Encontros de amantes

Hoje trazemos o testemunho da Marta, uma mulher casada que gosta de ter as suas aventuras secretas para animar a vida.
A Marta (nome fictício) já faz parte da nossa comunidade há algum tempo e é aqui que conhece as suas novas aventuras.
Quer conhecer a Marta?

Encontros de amantes – O testemunho

Olá a todos! O meu nome é Marta e faço parte desta maravilhosa comunidade há quase um ano. É aqui que encontro homens que tal como eu procuram alguma diversão, mas querem manter o casamento.
Resolvi escrever este testemunho porque sei que existem muitas mulheres infelizes no seu casamento e na sua vida sexual que acabam por nunca fazer nada para mudar isso. Eu venho contar a minha experiência nos encontros de amantes e espero conseguir ajudar alguma coisa.
Sou casada há 6 anos e tenho uma boa relação com o meu marido. Nós nos damos bem, somos muito amigos e discutimos muito pouco. No entanto, apesar do meu casamento parecer perfeito, eu sinto a necessidade de ter uma vida sexual mais intensa. Não pensem que o meu marido não é bom de cama, porque ele é e muito! Mas quando você fica com o mesmo homem durante vários anos é normal que comece a desejar outras experiências e comece a sonhar com encontros de amantes.

Chegou a um ponto em que eu comecei a ser infeliz e cheguei até a pensar em me separar! Mas depois pensei que na verdade eu amava o meu marido e queria ficar com ele. Foi ai que eu me lembrei dos encontros online, pois são uma boa forma de conhecer outros homens.
Nunca me quis envolver com homens do emprego ou outros conhecidos, pois tive sempre medo que o meu marido descobrisse e pudesse terminar o nosso casamento. É preciso ter cuidado com os encontros extraconjugais. Nesta comunidade descobri a forma ideal de ter encontros de amantes. São homens que eu não conheço fora da comunidade e nunca escolho homens que morem na mesma cidade que eu. Assim, é mais fácil não ser descoberta.

Para que vocês entendam como se conseguem estes encontros eu vou explicar para vocês como eu faço, mas é mesmo muito simples. No meu perfil eu digo logo que sou casada e que estou apenas à procura de encontros de amantes de uma noite apenas, portanto só quero sexo casual. Aí os homens leem o meu perfil e me contactam por chat. Eu demoro sempre algum tempo a falar por chat, para ter a certeza de que já conheço bem o homem. Se achar que ele é o ideal, então é hora de usar a webcam. Aqui pode ver a cara dele, saber quem é, conversar mais um pouco e então finalmente marcar o encontro num local longe de casa.
É bem simples assim! Nunca estou mais do que uma vez com o mesmo homem porque não quero correr o risco de começar a ter sentimentos. O meu marido não desconfia de nada e eu continuo a amá-lo da mesma forma que antes, só que agora já sou feliz com a minha vida sexual.
Espero não vos ter maçado com o meu testemunho de encontros de amantes e espero também que ele sirva para ajudar alguém!
Um beijo para todos!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.3/10 (3 votes cast)

“Eu quero trair” – Testemunho de uma mulher infiel

Hoje publicamos o testemunho da Carolina – Eu quero trair. Uma mulher com 34 anos que sente o desejo de trair e ter outras aventuras sexuais. 

A Carolina é um membro recente da nossa comunidade que está começando a conhecer novas pessoas.

Fique a conhecer a história desta mulher infiel!

Eu quero trair – O testemunho da Carolina

Oi gente! O meu nome é Carolina, tenho 34 anos e sou de São Paulo! Posso começar por dizer que sou casada desde os 24 anos com um homem maravilhoso e atencioso. Vocês devem se estar perguntando porque eu quero trair né? Então eu vou explicar para vocês!

Eu quero trair porque preciso de emoção na minha vida, preciso de ter novas sensações e aproveitar a vida enquanto posso. O meu marido é super legal e nós somos muito felizes juntos e é por isso que eu só quero trair, não o quero deixar. Apesar de a relação ser perfeita, já passaram 10 anos e eu estou sempre com o mesmo homem.

Sinto falta do flirt, da surpresa, do nervosismo, sabe? Quero apanhar um homem sorrindo para mim e quero sorrir de volta! Quero que um homem novo me tire a roupa e me mostre coisas diferentes das que o meu marido mostra!

Eu quero trair, mas não quero ser apanhada e foi por isso que eu escolhi esta comunidade. Eu estou procurando homens para encontros só de uma noite, só sexo casual mesmo, nada de romance e achei que esta era a forma mais fácil. É seguro, ninguém sabe quem eu sou e até posso conhecer a pessoa um pouco antes.

Outra coisa que me atrai e que eu já experimentei aqui na comunidade foi o sexo virtual! Gente, eu nunca pensei que aquilo fosse bom assim! Você não está fisicamente com um homem, mas a tesão de ter um homem olhando para você é bom demais! Desde que experimentei tento ter uma nova aventura todos os dias. Só quando o maridão chega mais cedo a casa é que eu tenho que me vingar nele.

Agora, além do sexo virtual, eu queria passar para o sexo real! Será que andará aí algum homem com os mesmos desejos que eu? Olha que eu sou bem bonitinha, com tudo no sítio, mas se quiser eu posso mostrar na webcam primeiro!

Vamos ver se os homens desta comunidade estão a fim de uma aventura!

Agora é sua vez!

Este foi o testemunho “Eu quero trair” da nossa querida Carolina! Como deu para ver, ela é uma mulher bem fogosa mesmo e que descobriu recentemente o prazer do sexo virtual!

Se você também quer trair, chegou a hora de começar! O sexo virtual é sempre uma boa opção para começar, pois mostra-lhe o prazer da traição sem ter que se encontrar logo cara-a-cara.

Entre na nossa comunidade e comece a procurar aquela pessoa que lhe vai mostrar o verdadeiro prazer da vida!

Vai ficar aí esperando ou vai agir?

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.5/10 (4 votes cast)

Através dos anúncios de casos extraconjugais eu traí o meu marido

Histórias de Infidelidade - Casos extraconjugais

Hoje apresentamos a história de infidelidade na nossa leitora Marta! 

Felizmente temos muitos casos de sucesso e muitas mulheres que estão dispostas a contar a sua história para que os nossos leitores consigam perceber as vantagens de ser infiel.

Fique a conhecer hoje a história da Marta!

A história de Marta nos casos extraconjugais

Olá a todos os leitores dos casos extraconjugais! O meu nome é Marta e eu tenho que admitir que hesitei bastante antes de enviar minha história, mas depois decidi que não havia razão para receios e que seria bom que outras mulheres pudessem saber do meu caso. Eu tenho 36 anos e estou casada há 8 anos. O meu marido é um homem comum, ele nunca me tratou mal, mas após 8 anos ele também já não me dá nada de novo.

A nossa vida é muito rotineira, é só casa, trabalho e trabalho, casa e eu por vezes penso que estou desperdiçando minha vida. O nosso sexo é muito básico, estilo mamãe e papai e eu acabo por quase não ter prazer.

Já tinha pensado em ter casos extraconjugais antes, mas ficava sempre com medo de ser descoberta e estragar o meu casamento, até que um dia tropecei no site dos casos extraconjugais e pensei, porque não tentar?

Fiz o registo e comecei a ver os anúncios dos homens que procuravam ter um caso fora do casamento, até que achei um que me interessou imenso! Este não queria uma amante, nem uma relação, queria apenas um encontro para sexo, sem quaisquer sentimentos à mistura. Eu gostei muito dele porque foi muito sincero, não era como aqueles caras que dizem que te ligam e depois nunca ligam.

Como eu também não queria uma relação, só precisava mesmo de alguma animação na minha vida chata, eu aceitei o convite e marquei um encontro! Nem sei como fui arranjar coragem, mas respirei fundo e resolvi experimentar! Foi a melhor tarde da minha vida! Éramos duas pessoas que apenas queriam prazer, prazer puro e muito diferente do sexo de casados! Foi uma loucura e nós dois nos libertámos totalmente e tivemos imenso prazer! Esta experiência me deu um novo animo, como se a vida se tornasse novamente interessante.

Apesar de ter traído o meu marido nos casos extraconjugais eu não me sinto nada culpada! Foi apenas sexo, sem sentimentos no meio. Continuo no site e vou continuar me encontrando com outros homens que só queiram sexo casual. Afinal, todas as mulheres têm direito a ter prazer não é? Eu cansei daquele sexo chato e sempre igual!

Estar com outro homem após 8 anos de casamento foi maravilhoso e mal posso esperar para repetir!

Este foi o testemunho da Marta, uma mulher que tinha a sua felicidade apagada e que recuperou o prazer através da nossa comunidade!

Esperamos que existam muitos outros casos de sucesso como o da Marta. Se quiser partilhar connosco, é só enviar para os nossos contactos, teremos todo o gosto em conhecer a sua história.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.5/10 (2 votes cast)